Empreendedorismo feminino: dicas para administrar as redes sociais da sua empresa e ganhar mais dinheiro

redes sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Ano terminando e esse foi um dos períodos de maior crescimento da nossa agência. Particularmente, um dos mais desafiadores desde o início da minha jornada como dona do meu próprio negócio. E, realmente, ser mulher e empreendedora exige muito de nós.

Entre ser o coração, mas também o administrativo, financeiro, criativo, planejamento, motorista, entre outras funções em uma empresa, muitas vezes a jornada não termina quando chegamos em casa. Tem filho, jantar, família…mais um infinito de coisas com as quais precisamos lidar. Com tanta sobrecarga, sobra tempo para pensar na divulgação da sua marca, produtos ou serviços de uma forma que seja eficiente?

Como profissional de comunicação devo dizer que o ideal é que você encontre sempre ajuda especializada para cuidar do seu marketing, porém, quero que todas nós estejamos juntas nessa aventura que é ter o próprio negócio. Separei algumas dicas para que você consiga, em casa, com o mínimo de planejamento, organizar suas redes sociais e mostrar sua empresa de forma mais atrativa para o mundo.

1 – Rede social não é folheto de supermercado
Eu sei que o seu objetivo é vender e não há crime nenhum nisso. Porém, pense na sua audiência, nas pessoas que curtiram a sua página e te seguem no Instagram por exemplo. Ninguém entra em rede social para ser bombardeado por postagens com dizeres “compre”, “promoção”, “só hoje”. Esse tipo de publicação não é proibida, mas todo dia e toda hora cansa, entende?

2 – Crie conteúdo
Quem curte uma marca ou serviço busca mais que “apenas” comprar. As pessoas querem histórias, conteúdos, como o encanto do Natal da Coca-Cola todo final de ano. Se você vende uma meia de yoga, por exemplo, não precisa falar sobre ela o tempo todo, mas pode alternar com informações sobre a prática milenar, os benefícios para o corpo e a mente, a indicação para mulheres grávidas, por exemplo.

3 – Faça conexões
Além de conteúdo, o público busca identificação com o que você oferece. Converse com as pessoas que te seguem, deixe que elas conheçam quem é a pessoa por trás daquele trabalho que ela, afinal, está acompanhando nas redes sociais. Percebe como funciona como uma via de mão dupla?

4 – Pratique!
Como tudo na vida, a prática leva à (quase) perfeição. Afinal, perfeito ninguém é. Coloque dentro da sua rotina um ou outro vídeo nos stories, seja falando algo, mostrando o rosto, mesmo, ou ainda algum produto, parte do caminho até uma reunião, entre outras opções. Com o tempo, vai ficando natural para você que faz e para quem assiste.

Com essas quatro dicas, seu público vai perceber a mudança e se interessar mais pelo o que você tem a dizer. Com uma nova percepção podem chegar novos pedidos. Mulheres, empreendedoras e tudo isso junto: que a força esteja conosco!

Monaliza Pelicioni

Formada em jornalismo e pós-graduada em marketing. Mãe, esposa e sócia-diretora da Pelicioni Comunicação

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estratégias para sua empresa se diferenciar e continuar na ativa durante a crise.