Use o Google Shopping como estratégia de marketing e fature mais

Google Shopping
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Quem não gosta de observar os produtos expostos nas vitrines das lojas e fazer pesquisas de preços antes de efetuar a compra? Uma prática muito comum no varejo físico também está disponível no mundo digital com o Google Shopping.

A plataforma surgiu em 2011 com uma versão gratuita, meses depois os anúncios passaram a ser pagos e, após a pandemia, o Google permitiu que as páginas de e-commerce aparecessem de forma orgânica.

Para visualizar melhor como funciona, basta lembrar como você pesquisa quando deseja comprar algo pela internet. A descrição do produto é digitada no buscador e, automaticamente, aparecem diversas imagens dos itens procurados um ao lado do outro, no topo da página junto com os anúncios patrocinados.

Diante de tantas ofertas, é possível deslizar a barra de rolagem horizontal para ver as opções disponíveis, as lojas onde esses itens são vendidos, as descrições dos produtos e preços. Ao clicar no seu favorito, você é direcionado para a página de venda dele, local em que também é possível obter informações mais detalhadas, como formas de pagamento, prazo de entrega, estoque disponível entre outras.

A outra vantagem é que o Google Shopping ainda oferece uma página virtual para expor os produtos, nela há a possibilidade de filtrar melhor as buscas. Por exemplo, se você quer adquirir um aspirador de pó robô bivolt, basta selecionar essas características para que sejam mostradas na tela somente as opções desejadas. Uma experiência incrível de compras, não é mesmo?

 

Quais são as vantagens de usar o Google Shopping?

Agora que você aprendeu sobre o Google Shopping, vamos apresentar as vantagens que a sua empresa ganha ao investir nesta ferramenta como uma estratégia de marketing:

Melhorias na experiência de compra do cliente – a facilidade de busca pelo produto desejado e a diminuição das barreiras no momento da compra são fatores relevantes para que os clientes experimentem, aprovem e recomprem.

Ampliação das conversões para quem usa o Google Ads – no Google Ads você escolhe as palavras chaves para aparecerem nas buscas, no Shopping Ads o Google quem determina elas, por isso é bom caprichar no cadastro de seus produtos, utilize as técnicas de SEO e invista num e-commerce e site responsivos para que eles sejam acessados em qualquer plataforma (celular, tablets, computadores…).

Aumento das vendas do seu e-commerce – o tráfego para a sua loja virtual tende aumentar quanto mais seus produtos aparecerem nas buscas, consequentemente, seus leads também serão mais qualificados e a taxa de conversão deve se elevar de igual modo.

Para usar o Google Shopping é necessário criar uma conta no Google Merchant Center . Caso você possua cadastro no Google e no Ads, pode utilizar o mesmo login e senha.

Que tal implementar mais um canal de vendas e aumentar a sua lucratividade? Se precisar de ajuda, estamos à disposição para atendê-lo.

 

Lilian Rodrigues

Relações Públicas, jornalista, especialista em marketing, escritora, docente e apaixonada pelas ciências comportamentais.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Marketing Digital Criação de sites Gestão de Marcas

Estratégias para sua empresa se diferenciar e continuar na ativa durante a crise.